Resultado de imagem para PETROLEO IRA

O governo dos Estados Unidos ameaça impor sanções à China se o país socialista asiático continuar comprando petróleo da República Islâmica do Irã

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, alertou no domingo (12) que o governo chinês, presidido por Xi Jinping, atualmente representa uma parte significativa das exportações de petróleo do Irã, país que está sob a campanha de "pressão máxima" da Casa Branca.  "A China estará sujeita a sanções como qualquer outro país" se não parar de importar petróleo do país persa, alertou Mnuchin, em declarações oferecidas à rede de televisão americana Fox News.  

O ecretário do Tesouro dos EUA também lembrou os embargos já impostos por Washington contra algumas companhias de navegação chinesas envolvidas no transporte de petróleo do Irã e afirmou que a Europa também estaria sujeita a sanções secundárias, informa o site iraniano HispanTV.  

O setor de energia do Irã, assim como muitos outros setores econômicos do país, voltou a ser alvo de embargos unilaterais dos EUA depois que Washington abandonou o acordo nuclear, oficialmente chamado de Plano de Ação Conjunto Integrado (JCPOA) sigla em inglês).  

Vários grandes clientes de petróleo persa, incluindo a China, prometeram defender seus negócios bilaterais com empresas iranianas.

FONTE: BRASIL 247