Descaso da gestão da Petrobrás com covid-19 pode comprometer operações

A Petrobras proibiu suas prestadoras de serviço de embarcarem marítimos com mais de 66 anos de idade e impôs restrições ao embarque daqueles com idade superior a 60 anos. As medidas fazem parte de um documento divulgado pela empresa com instruções sobre o combate à Covid-19 em embarcações de apoio e portos.

A Petrobras não informa, porém, como as prestadoras devem lidar com essas imposições e a informação que chega às entidades sindicais é de que algumas empresas do offshore estariam demitindo empregados de 60 anos ou mais.

Com o objetivo de avaliar a situação e estudar as medidas que poderão ser tomadas coletivamente, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos – Conttmaf  está realizando um levantamento das demissões ocorridas no apoio marítimo a partir de 1º de maio, solicitando que, até 20 de maio, os marítimos demitidos enviem um e-mail para o endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. contendo as seguintes informações:

  • Nome completo:
  • Data de nascimento:
  • Categoria:
  • Empresa:
  • Data de demissão: