Resultado de imagem para O PETROLEO É NOSSO

A maior empresa brasileira nasceu das lutas populares, impulsionadas na década de 40 pela campanha “O petróleo é nosso”

A Petrobrás completa 66 anos, com uma história marcada por resistência, sucesso e superação. Desde que foi criada, em 03 de outubro de 1953, é alvo de disputas, cobiças e ataques.

A maior empresa brasileira nasceu das lutas populares, impulsionadas na década de 40 pela campanha “O petróleo é nosso”, para que o país pudesse ser uma nação desenvolvida e livre da dependência estrangeira.

Desde então, a Petrobrás vem cumprindo essa missão, com muito sucesso e dedicação dos seus trabalhadores.

Construiu o maior parque de refino da América Latina, desenvolveu a indústria nacional, tornou o Brasil autossuficiente e descobriu o Pré-Sal, que contém as maiores reservas de petróleo da atualidade.

Com tantas conquistas em um setor tão estratégico para o mundo, a Petrobrás tornou-se alvo de muitos interesses. Mas nunca antes em sua história, a empresa esteve sob risco de completa desintegração, como está agora.

De todo o patrimônio estatal privatizado no Brasil nos últimos cinco anos, cerca de 50% pertenciam à Petrobrás. É o maior desmanche já ocorrido na indústria mundial de petróleo.

O desmonte da empresa aprofunda ainda mais a crise econômica.

Segundo o Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Zé Eduardo Dutra (INEEP), sem os investimentos da Petrobrás, a cadeia do setor de óleo e gás deixou de gerar mais de R$ 100 bilhões para o PIB, entre 2014 e 2018.

Como consequência, 2,5 milhões de postos de trabalho foram fechados, o que representa 19% da atual taxa de desemprego.

Para entender o que está acontecendo com a nossa maior empresa e lutar contra o seu desmonte, é preciso conhecer a história da Petróleo Brasileiro S.A.

Uma história que reflete as lutas recentes do povo por soberania, desenvolvimento e justiça social.

FONTE: GGN