Resultado de imagem para PETROLEIROS MAO DE OBRA PETROBRAS

Petrobras convocou os sindicatos para a segunda rodada oficial de negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2020 para a próxima quinta-feira, 08, depois de 100% das assembleias realizadas pela categoria terem rejeitado a proposta da estatal, de ajuste salarial da ordem de 1% e redução ou exclusão de alguns benefícios.

Segundo a assessoria da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), a Petrobras foi comunicada no dia 23 de julho sobre a rejeição da proposta também pelos representantes da Federação Única dos Petroleiros (Fup), que pela primeira vez estão negociando juntos da FNP.

As federações exigiram uma nova oferta da empresa, mas a Petrobras não informou se vai avançar no reajuste salarial, que compreende o período de 1º de setembro de 2018 e 31 de agosto de 2019. Segundo a FNP, a proposta inicial corresponde a apenas 25% do IPCA.

"A categoria considera a proposta indecorosa, já que está repleta de corte de direitos. A empresa busca também desmontar a organização sindical", afirmou a FNP em nota.

FONTE: ESTADÃO